Blog

Nota de Esclarecimento

9 de maio de 2020

No pleno cumprimento do seu dever como empresa responsável e absolutamente comprometida com o bem-estar, a HE-NET vem a público esclarecer o seguinte:

1) Seis colaboradores do quadro de técnicos de rede de fibra óptica de longa distância da empresa, que haviam viajado a serviço no último dia 27 de abril para a região Sul da Bahia, ao retornarem para a cidade de Caculé, na data de 30 de abril, foram encaminhados para o isolamento social em suas residências, a fim de cumprir-se o período determinado de 15 dias. A HENET, por sua vez, reafirmando o seu compromisso com a segurança e seguindo protocolo firmado pela empresa, encaminhou os mesmos para a realização do teste rápido para o COVID-19, mesmo que não apresentassem sintomas.

2) Dos seis colaboradores submetidos ao teste, dois testaram positivo para o COVID-19 na data de 8 de maio. Um dos colaboradores é residente da zona rural do município de Caculé, o outro, reside também em zona rural, só que no município de Guajeru, que já foi notificada a respeito do fato. Os colaboradores em questão viajaram munidos de todos os equipamentos de segurança necessários, devidamente fornecidos pela HE-NET, quais sejam: luvas; máscaras; álcool em gel 70%; capacete; cinto de segurança e óculos de proteção, após terem recebido todas as instruções necessárias quanto à conduta do trabalho de campo – frise-se: procedimento necessário, indispensável.

3) Os técnicos envolvidos realizam serviços de suma importância e indispensáveis para o melhor funcionamento da rede de internet. São responsáveis pela manutenção e implantação da rede de fibra óptica em ESTRADAS e não vias públicas, não tendo assim contato direto com clientes e colaboradores. Portanto, destaca-se a necessidade dos mesmos na região supracitada.

4) Reafirmamos que para a HE-NET a saúde e o bem-estar da população de Caculé são bens supremos e inegociáveis, desse modo, a empresa agiu no sentido de proteger os habitantes do município. Por fim, a HE-NET lamenta e repudia a atitude de pessoas que estão disseminando a identidade dos colaboradores envolvidos, bem como informações inverídicas, gerando julgamento injusto. Acreditamos que o momento é de resiliência e que situações como essa devem ser tratadas da forma mais clara e plausível possível, já que a possibilidade de contágio pelo Coronavírus é inerente a qualquer pessoa, mesmo à mais protegida.

Categorias